Bush e Blair considerados culpados de crimes de guerra em tribunal da Malásia

O ex-presidente americano George Bush e sua contraparte Tony Blair foram considerados culpados de crimes de guerra pelo Tribunal de Crimes de Guerra de Kuala Lumpur após uma auditoria de 4/quatro dias.

Foi uma decisão unânime que ambos cometeram genocídio e crimes contra a paz e a humanidade quando decidiram invadir o Iraque em 2003 violando descaradamente as leis internacionais.

Os juízes disseram que houve abuso da lei e os atos de agressão que se seguiram foram responsáveis por assassinato em massa da população iraquiana.

No veredito, os juízes  disseram que os EUA, sob a liderança de Bush, forjou documentos a fim de proclamar que o Iraque detinha armas de destruição em massa e que a tal guerra teria como alvo terroristas.

Advogados e ativistas dos direitos humanos presentes durante o julgamento disseram que a decisão foi um marco.

Interessante notar que o julgamento e o veredito vieram a acontecer no dia 22 de novembro de 2011 (22/11/11), 48 anos depois do assassinato de John F. Kennedy. George Bush Jr. está agora sujeito à prisão por qualquer uma das 117 nações que participam do Estatuto de Roma da Corte Criminal Internacional.

As rodas da justiça giram lentamente, mas parece que suas engrenagens funcionam perfeitamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: