Conflito no Oriente Médio recebe ajuda extraterrestre para a paz

O Oriente Médio acaba de receber ajuda alienígena no último dia 31 de outubro de 2011.

Uma base alienígena foi destruída nessa data. Ela esteve em operação durante os últimos 5cinco mil anos! A civilização que operava esta base utilizava tecnologias exóticas a fim de gerar ódio entre os seres humanos da região.

Um representante e contato terrestre dos seres que atacaram essa maléfica base extraterrestre nos diz:

“Meus contatos do Conselho de Andrômeda me disseram que a base era muito profunda. Milhares de metros sob a água. Por anos essa base usou de frequências sônicas, especificamente miradas nas áreas do Oriente Médio, deixando as pessoas muito irritadas e agitadas, sendo induzidas a ações baseadas no medo e no ódio. Isso gerou por muito tempo emoções de confusão, medo, agitação e agressão. Eles me mostraram como a aparelhagem funcionava e uma frequência em particular era escolhida para colocar as pessoas umas contra as outras. Os reptilianos a ligavam todos os dias e era essa a maneira de controlar as pessoas em terra. Essa base em particular estava em operação a 5.000 anos. O raio de ação chegava até a Síria, Iraque, Iran, Afeganistão, Paquistão e outros países da região, incluindo Israel e Palestina. Isso é um tipo de tecnologia muito poderosa. Era necessário somente 15 minutos de operação dessa maquina para que as pessoas começassem a sentir os efeitos. Isso talvez explique muita coisa…”

O artigo original pode ser lido aqui.

A região já era conhecida por apresentar vários fenômenos eletromagnéticos exóticos, gerando a curiosidade da força militar de vários países, incluindo EUA, Inglaterra, Japão, China, entre outros. Essas ações geraram políticas de proibição e alerta de navegação no Golfo de Aden e as autoridades recomendavam evitar a área, pois ela estava sendo alvo “de constantes atuações piratas”. Mas a verdade era que qualquer embarcação que chegasse perto dos limites militares estabelecidos era imediatamente abordada – senão atacada.

Essa não é a primeira base a ser destruída por coalizões extraterrenas. Análises anteriores de atividades sísmicas na costa oeste dos EUA desde agosto de 2011 mostram relações com explosões – ao invés de terremotos naturais como a mídia corrente perpetua. Vários autores e investigadores independentes chegaram ao mesmo resultado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: