Video mostra verdadeiro céu de Marte, azul

A imagem apresentada acima é de um video promocional de um programa chamado The Sky at Night (O Céu à Noite, em livre tradução) da BBC One inglesa. Esse programa é um documentário mensal sobre astronomia produzido pela BBC e estrelado pelo mesmo apresentador desde 24 de abril de 1957, curiosamente o programa mais comprido apresentado pelo mesmo apresentador na história da televisão.

O video em questão fala sobre a sonda Spirit que aterrisou em Marte, rasgando seda sobre seus méritos e como ele superou expectativas. O homem que você vê sentado no video e na foto é o Professor Steve Squyres da Universidade de Cornell, alguém intimamente associado com as operações diárias do Spirit, e possivelmente lider do time que maneja a sonda.

Como você pode ver nas imagens, o Professor Squyres é mostrado trabalhando em uma mesa com seu laptop enquanto atrás dele podemos ver dois grandes monitores unidos lado a lado. O grande tamanho desses monitores sugere que são dedicados à análise visual de dados que são providos pelas sondas em Marte, enquanto que o computador mais portátil em que ele trabalha serve como uma unidade de controle. A outra imagem é apenas um enquadramento maior.

Na verdade, as cenas que vemos nesses monitores são quase certamente as da sonda, em que o Professor trabalha, sendo que os monitores mostram as cenas e imagens que são recebidas diretamente dela, como se ele estivesse navegando e controlando-a. O mais óbvio aqui é que os monitores são coloridos. Sabemos que as câmeras da sonda são capazes de captar cenas coloridas e esperamos que o time do Professor trabalhe com esse tipo de dado na medida do possível, dados contendo imagens coloridas e reais de Marte. Esse tipo de informação é crucial para que a navegação do aparelho seja feita da maneira mais precisa possível e a investigação dos mínimos detalhes seja a mais acurada.

Por outro lado, note que uma parte do terreno no monitor da direita está um pouco embaçado. Isso pode sugerir que o que Squyres e sua equipe recebam não sejam os dados originais da sonda, pois as imagens já estão ofuscadas, alteradas. Se isso é verdade e o Professor não sabe disso, talvez ele nunca tenha visto imagem alguma em sua forma original. Em outras palavras, você vê o que espera ver e nunca irá questionar isso.

Entretanto, é certo que o Professor e seu time estariam perfeitamente satisfeitos em receber o material original diretamente dos satélites da NASA e ficariam muito ofendidos se alguém sugerisse que o material passou por um filtro antes de seu time poder colocar os olhos nos dados. Aliás, é assim que pessoas honestas e dedicadas podem fazer parte de processos ilusórios e secretos sem ao menos perceber ou serem motivados à defender tais segredos, simplesmente porque elas não entendem nem o processo de como isso é feito e nem mesmo suas implicações.

Agora note o lindo céu azul brilhando acima de um já conhecido terreno cor de ferrugem em ambos os monitores, apesar de que eles mostram cenas diferentes da superfície marciana. Você pode apostar que esse time de pesquisadores aí sabe muito bem que os dados científicos que vão à público são reduzidos e menos informativos. Portanto é provável que a inocência aqui não seja das mais puras.

A questão que fica é porque isso escapou assim? A explicação mais provável é a de que esses profissionais estão tão acostumados com os dados que eles nem percebem mais o que na verdade os monitores estão mostrando. Isso é tão comum, que em muitos filmes de época podemos ver aviões ou seus rastros cruzando o céu, numa época onde esse tipo de coisa não existia. Outra alternativa é a de que o pessoal responsável pelo video captou as imagens durante um dia comum de trabalho, mas não percebeu as implicações que isso poderia ter em minar esse tipo de segredo.

Cena do filme "Tróia" mostrando avião no céu

Cena do filme "Tróia" em que um avião pode ser visto no céu

É claro que isso tudo pode ser explicado pelo pessoal que quer manter o segredo: “são apenas papéis de paredes automáticos exibindo imagens de Marte de como o time da sonda gostaria que ele fosse”. Depois de tudo, o que mais ele poderiam de fato dizer?

No fim, cabe à você decidir o que pensar disso. Mas uma coisa é certa: essa é uma evidência muito provocativa. Uma “falha”, apenas para antecipar subconscientemente o público para as grandes implicações envolvidas. Lembre-se de que milhares de pessoas já viram esse video, mas quase nenhuma delas consegue pensar “fora da caixa” o suficiente para questionar isso e trazer à atenção do investigador Joseph P. Skipper, que originalmente publicou o artigo em inglês. Isso mostra também que o processo da Revelação já começou e muito do que nós achamos que sabemos sobre a vida, o universo e tudo o mais já começou a mudar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: